Normas e Orientações

Orientações acerca dos grupos de trabalho que ocorreram quinta-feira 06/06/2019

Os trabalhos foram iniciados as 9:00 horas e tiveram fim as 12:00

As apresentações dos Gts aconteceram de forma simultânea sendo:

GT 1: Eixo 1 - educação e Interpretação Ambiental no Ecoturismo (sala 101)

GT 2: Eixo 2 - manejo e conservação dos recursos naturais através do Ecoturismo e

Eixo 5 - ecoturismo e geoconservação (sala 102)

GT 3: Eixo 3 - planejamento e gestão do ecoturismo (sala 103)

GT 4: Eixo 4 - envolvimento comunitário no Ecoturismo e

Eixo 6 - políticas públicas em ecoturismo (sala 112)

Cada participante autor, apresentante do seu trabalho, teve, para apresentar seu trabalho o tempo de 15 minutos. Os debates ocorreram após a apresentação de 3 a 4 trabalhos, a critério dos coordenadores dos GTs, momento também que foi aberto para os questionamentos dos presentes.

Normas

CATEGORIAS: 

ARTIGOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS PARA GRUPOS DE TRABALHO: Os artigos completos que foram apresentados por docentes, pesquisadores, profissionais e estudantes de Pós-Graduação lato e stricto sensu, até o dia 25 de março de 2019,  com pelo menos um dos autores inscrito nos eventos e que seguiram as normas para elaboração do artigo disponíveis no site da Revista Brasileira de Ecoturismo, serão publicados nas edições regulares caso sejam aprovados, sendo que seus resumos estarão na edição especial com os anais dos eventos.

PÔSTERES PARA JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: Os resumos que foram submetidos por estudantes de graduação que desenvolvem projetos de Iniciação Científica, trabalhos em disciplinas do curso, ou trabalhos de conclusão de curso em andamento ou concluídos, inscritos até o dia 25 de março de 2019, com pelo menos um dos autores inscrito nos eventos, sendo 5 número máximo de autores permitidos, serão apresentados no formato de de pôsteres, sendo que seus resumos estão na edição especial com os anais dos eventos.


EIXOS TEMÁTICOS:

Eixo 1 - Educação e Interpretação Ambiental no Ecoturismo

Eixo 2 - Manejo e Conservação dos Recursos Naturais por meio do Ecoturismo

Eixo 3 - Planejamento e Gestão do Ecoturismo

Eixo 4 - Envolvimento Comunitário no Ecoturismo

Eixo 5 - Ecoturismo e Geoconservação

Eixo 6 - Políticas Públicas em Ecoturismo

NORMAS

Houve duas categorias de apresentação de trabalhos:

1) Grupos de Trabalho (GTs): podem se inscrever APENAS alunos de Pós-Graduação, Pesquisadores e Profissionais Graduados. Pelo menos um dos autores deve estar inscrito nos eventos;

Para esta categoria, foram enviados trabalhos COMPLETOS, conforme normas abaixo, que foram avaliadas de 4 formas.:

a) Reprovado;

b) Aprovado para apresentação no formato PÔSTER, com publicação APENAS do RESUMO nos anais;

c) Aprovado para apresentação nos GT, no formato ORAL (15 minutos), mas com publicação do resumo nos anais e do ARTIGO COMPLETO na Revista Brasileira de Ecoturismo apenas após REVISÃO, com correções sugeridas pelos coordenadores do GT;

d) Aprovado para apresentação nos GT, no formato ORAL (15 minutos), e com publicação do resumo nos anais e do ARTIGO COMPLETO na Revista Brasileira de Ecoturismo, SEM necessidade de revisão.

2) Jornada de Iniciação Científica (JIC):  se inscreveram trabalhos onde pelo menos UM dos autores seja aluno de GRADUAÇÃO, e pelo menos um dos autores está inscrito nos eventos.

Para esta categoria, foram enviados APENAS OS RESUMOS, com até 1800 caracteres (com espaços, excluindo o título, autores e palavras-chave), conforme normas abaixo, que foram avaliadas de 2 formas:

a) Reprovado;

b) Aprovado para apresentação no formato PÔSTER, com publicação APENAS do RESUMO nos anais.

A avaliação dos trabalhos foi realizada por meio do sistema double blind review. Nas avaliações dos trabalhos completos, a Comissão Científica analisou:

1. Os aspectos pré-textuais, que se referem à apresentação preliminar do trabalho, contemplando título, resumo (asbtract) e palavras-chave (keywords).

2. Os aspectos da estrutura do trabalho, onde se consideram os elementos relacionados à composição do texto, destacando coerência, organização e seqüência, linguagem e adequação à norma culta, qualidade das ilustrações e conformidade às normas do evento.

3. A estruturação do conteúdo, onde se apresentam os pontos relativos ao teor científico do trabalho. Será especialmente considerada a relevância, originalidade, a inovação do tema e abordagem, o referencial teórico, a metodologia empregada, a qualidade dos dados e de análises, as conclusões e as bibliografias utilizadas.

4. A avaliação geral, a qual versou sobre as contribuições do artigo, incluindo sua pertinência ao grupo de trabalho que foi submetido e a contribuição para a construção de conhecimento na área de turismo.